ESTAÇÃO DE CAMINHOS DE FERRO DE MONTEMOR-O-NOVO

RAMAL DE MONTEMOR-O-NOVO

No início do séc. XX, mais precisamente a 2 de setembro de 1909, é inaugurada a estação de caminho-de-ferro de Montemor-o-Novo, situada na periferia oeste da vila, paralelamente à estrada para Alcácer do Sal (Estrada Nacional n.º 2).

O Ramal de Montemor-o-Novo era uma linha ferroviária que ligava Torre da Gadanha (estação pertencente à Linha do Alentejo) à cidade de Montemor-o-Novo, com cerca de 12 km, tinha apenas uma paragem: Paião.

Em 1978, existiam 4 circulações em cada sentido, demorando a viagem cerca de 25 minutos.

Antes do encerramento, o ramal estava reduzido a uma única circulação diária

O ramal foi encerrado a 28 de Maio de 1987.

O antigo canal ferroviário foi convertido numa ciclovia, existindo ao longo do caminho alguns vestígios ferroviários, como um edifício de uma antiga PN, o antigo apeadeiro de Paião, a ponte sobre o rio Almançor e o edifício de passageiros da estação de Montemor-o-Novo que irá ser convertido numa fábrica de chocolates.